quarta-feira, 29 de julho de 2009

Dedicados Já!

Uma linda história de 32 anos de casamento que acabou com a morte do marido, um senador de 64 anos. A viúva com 53 anos, que era muito charmosa, arrumou algum tempo depois um namorado e ele a convidou para ir ao Motel. Como seria sua primeira experiência em um Motel a viúva fez todos os preparativos e comprou uma cesta de frutas, champagne, etc. Tudo lindo e perfeito.

Na hora “H” ela estava bem desconfortável com a situação e o namorado, que não era bobo nem nada, partiu para o sexo oral para dar uma aquecida. Eis a grande surpresa. Assim que o moço caiu de boca, literalmente, ela tentou se esquivar, mas logo enlouqueceu e foi as nuvens. O mais engraçado foi à reação dela. Começou a gritar: “Filho da puta, desgraçado! Por que em 32 anos ele nunca fez isso?”

Achei essa história um barato e ouvi nos bastidores de Brasília. O casal era feliz e ele um bom marido, mas tinha esse pequeno detalhe. Apesar de ser um exemplo de pessoas mais “da antiga”, vamos dizer assim, ilustra como existem mulheres que nunca provaram algumas maravilhas do sexo.

É inacreditável, mas ainda existe homem que não percebe quanto prazer isso pode dar a uma mulher. Fico me perguntando se é por egoísmo ou simplesmente por falta de percepção, mas uma coisa é certa: todo homem deveria nascer sabendo ou pelo menos fazer um curso preparatório sobre o assunto.

Entre as amigas já temos um código para falar sobre isso. Quando alguém comenta “ele não é dedicado” é batata que o moçoilo não pratica sexo oral ou então é simplesmente péssimo nessa arte. Por isso que falo, não bastar fazer, tem que se dedicar.

Acabo de lançar a Campanha “Dedicados Já!”.

9 comentários:

Andarilho disse...

Imagina uma matéria dessas na escola, hahaha.

Essa campanha podia valer pras mulheres também. ;)

Belle du Jour disse...

Hahaha boa hein!!

Um homem dedicado é tudo na vida!!

Anônimo disse...

Nossa, eu posso até ser meio radical, mas comigo agora funciona assim: É um homem sem dedicação? Não, não, não... fica bem longe do meu colchão. hahaha
E tenho dito!

Eu sou aquela que descobriu que mais vale um amante dedicado (ui, delícia!) do que um marido acomodado.

Andreia disse...

Eu estou a-man-do essa história de "dedicação". Sou a favor de divulgarmos com bastante afinco este tema, para que se torne um termo mundial! hehehe...

Chris Carvalho disse...

Um homem dedicado é tudo!
Vamos aderir a campanha da Nikita!

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

Nikita Querida,

Conte conosco para a sua luta em nome da dedicação total, hahaha!!!!

Beijos,

Bela - A Divorciada

3 x Trinta - Solteira, Casada, Divorciada disse...

HAHAHAHAHAHA
SENSACIONAL ESSA HISTÓRIA!!!

Entre minhas amigas o lema é mais descarado mesmo:

"Homem que não faz sexo oral, tchau tchau!!"

E viva os dedicados!

beijosss

deb

Nikita Ferraz disse...

Meninas,
Fiquei feliz de vocês aderirem ao movimento. Quem tiver histórias sobre a temática que quiser compartilhar mande para mim (confissoesdeumadivorciada@gmail.com)
Beijos

Alexia disse...

a-d-o-r-e-i
que sejam bem vindos os dedicados